Mãos juntas: significado, cumprimento e meditação

significado de mãos juntas

O ato de juntar as mãos é muito comum, seja para rezar, como saudação, no ato de meditar ou em agradecimento. Entretanto, muita gente não sabe o que significa esse gesto das mãos juntas e nem a sua origem.

Ao longo desse post vamos abordar as mais variadas formas desse gestos e tentar sanar algumas dúvidas, como a sua procedência e sua definição. Então, venha conferir!

Juntando as mãos para rezar

Na sociedade judaico-cristã é muito comum utilizarmos as mãos juntas para fazer uma oração, ou até mesmo um agradecimento a Deus.

Esse ato tem uma função importante para quem o executa, pois é ele quem dá o sentido sagrado a quem o pratica. Além disso, desde criança somos ensinados a fazer esse gesto, mas nunca é explicado o motivo.

A razão pela qual fazemos isso vem de muito tempo atrás. Historiadores garantem que desde o princípio do judaísmo esse gesto era usado. E, por fim, isso chegou até os tempos do cristianismo.

Simbologia das mãos juntas

O ato de juntar as mãos tem um simbolismo de submissão e de súplica. No período do império romano, durante as guerras um soldado poderia pedir clemência ao seu adversário juntando as mãos.

Por isso, acredita-se que daí é que surge a prática de rezar com as mãos juntas. Não é obrigatório, mas representa respeito, súplica e submissão a Deus.

Ainda na idade média, o ato de juntar as mãos era uma meio dos vassalos demonstrarem fidelidade aos senhores feudais. Por conta disso, os cristãos assumiram esse gesto como um símbolo de oração.

Significado das mãos juntas

Além disso, unir as mãos com os olhos fechados representa um nível de concentração e conexão com Deus. Simboliza fé, respeito e devoção. Por isso, para os cristãos, juntar as mãos em oração representa estar humildemente na presença de Deus.

Saudação com as mãos

Esse tipo de saudação tem origem no sul asiático vai muito além de um cumprimento ou demonstração de respeito. As mãos unidas a frente de seu peito, acompanhado de uma leve inclinação, tem o poder de uma oração.

Além disso, esse gesto pode ser feito também com as mãos na altura do chakra frontal, o nosso terceiro olho. Ao fazer isso e repetir a palavra namastê, a pessoa está exercendo o mais respeitoso tipo de cumprimento.

Namastê

A palavra namastê tem vários significados e traduções. “Me curvo diante de você” é uma delas, por exemplo.

Em um sentido mais amplo, as mãos juntas acompanhadas da palavra namastê, significa “O Deus que habita em mim, saúda o Deus que habita em você”.

Ao fazer essa saudação é uma forma de reconhecer que Deus habita em todos nós. Todos nós temos a mesma essência e compartilhamos da mesma energia e universo.

Aumentando nosso fluxo de amor

Unindo as mãos à frente de nosso chakra cardíaco, ou em nosso chakra frontal, nos ajudam a entrar em contato com o divino. Além disso, essa saudação é capaz de aumentar a nossa corrente de amor e de paz.

Prática ocidental

Essa saudação ficou muito comum no ocidente devido a prática da Yoga. Os instrutores antes ou depois de uma aula, sempre saúdam seus alunos dessa maneira. E, por isso, é comum também os alunos responderem da mesma forma como sinal de respeito e obediência.

Leia também:  Taroterapia: o que é, quais princípios, qual curso fazer

Mãos juntas na meditação

As mãos juntas na altura do coração também são muito conhecidas entre os praticantes de meditação. Essa prática é conhecida como meditação Gassho Meiso e é um dos pilares do reiki.

A partir da prática da meditação Gassho o praticante consegue aumentar a sua percepção e interiorizar melhor os cinco princípios fundamentais do reiki.

Como praticar a meditação Gassho

Em tradução livre, a palavra Gassho significa “ as duas mãos que se juntam”. Esse é o princípio básico, as mãos devem estar juntas na altura do peito e da garganta.

Na cultura oriental, as mãos juntas representam reverência e gratidão. Além disso,  significa o reconhecimento de que todos os seres são iguais.

A prática da meditação Gassho aumenta a nossa sensibilidade e nos conecta diretamente com o divino.

A posição Gassho

A maneira mais indicada de fazer essa meditação é pela manhã, ou antes de dormir. Em um ambiente tranquilo e confortável, mantenha seus ombros e costas eretas.

De olhos fechados e com as mãos juntas na altura do peito, os dedos devem estar apontados para cima e os polegares em direção ao peito. Ou seja, a concentração deve estar toda voltada aos pontos em que seus dedos tocam.

Os mudras

Na prática da meditação e da Yoga tem o que conhecemos como mudra. Que é a utilização de gestos com as mãos para a canalização do fluxo de energia.

A utilização de mudras durante a meditação é uma ferramenta extremamente poderosa para o autocuidado e o fortalecimento. Existem centenas de mudras que foram desenvolvidos ao longo dos anos.

Alguns desses gestos consistem em juntar as mãos, a fim de que ela possa melhorar a concentração.

Mudra Dhyana

Esse gesto é muito utilizado pelos budistas, mas também é muito conhecido pelos hindus. Ele consiste em unir as duas mãos com as palmas para cima. Com a mão direita apoiada em cima da palma esquerda.

Esse gesto ajuda na concentração e também a trazer tranquilidade e paz interior. A mão direita representa a luz proveniente dos espíritos superiores. Enquanto a mão esquerda representa o mundo, ou a ilusão.

Mudra Ganesha

Esse mudra recebe o nome do deus hindu, Ganesha. Ele é considerado um removedor de obstáculos.

Este mudra é ótimo para se livrar de todos os tipos de obstruções em sua vida. Pode ajudá-lo a recuperar positividade e coragem ao lidar com tempos difíceis.

Ao realizar este mudra, você leva sua atenção e energia para o centro do coração, abrindo seus pulmões e coração para o objeto de sua meditação.

Executando o mudra

Com a palma da mão esquerda voltada para frente e seu polegar apontando para o plexo solar, agarre os dedos de sua mão direita com a palma da mão voltada para você.

Além dos benefícios mentais e espirituais para o chacra cardíaco, o mudra ganesha também é benéfico para os músculos cardíacos. E não só isso, mas também é bom para a tensão nesta área do corpo.

Considerações finais sobre o significado das mãos juntas

As mãos juntas tem um simbolismo muito poderoso na história da humanidade, independente de qual crença ou religião a pessoa acredite. Acessando nosso curso online de Reiki, você pode aprender um pouco mais sobre o poder de nossas mãos e como usá-las para transformar a sua vida e a dos outros. Então, inscreva-se já e comece ainda hoje o seu curso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *