Cura Prânica: o que é, princípios e cursos da terapia

Cura Prânica

Ao longo do tempo muitos cientistas comprovaram a eficácia das terapias alternativas, como a terapia prânica. Esse tratamento ajuda pessoas doentes a melhorarem rápido e de forma natural. Que tal nós entendermos melhor o que é cura prânica, os seus princípios e como funciona o curso? Vamos lá!

O que é cura prânica?

A cura prânica é uma terapia capaz de reequilibrar o corpo de uma pessoa doente. Para tanto, a terapia utiliza o prana, uma forma de energia presente no universo e que nos dá vida. Segundo os terapeutas, esse tratamento manipula a energia no corpo do paciente a fim de curá-lo.

A palavra prana é bastante antiga, tem origem no idioma sânscrito e significa “energia que dá força e vida”. Para os chineses, essa mesma energia é chamada de Chi. Entretanto, os japoneses a chamam de Ki, enquanto os hebreus usam o termo ruah. Em suma, independente do lugar, a mesma energia refere ao sopro que nos dá vida.

Princípios

A cura prânica possui 14 princípios que descrevem como e o motivo pelo qual a terapia prânica funciona. São eles:

1° princípio: força vital

Para nós e a vida existirmos, precisamos da força vital do universo.

2° princípio: difusão

Essa força vital está em tudo ao nosso redor. Assim sendo, um terapeuta pode mover a energia de um ambiente para um paciente. O terapeuta não sofre desgaste nesse processo.

3° princípio: energia doente

Além do corpo físico, as doenças também aparecem na forma de energia, enfraquecendo a força vital. Essa energia tem um tom de cinza escuro.

4° princípio: transmissão

A energia vital pode ser transmitida entre pessoas ou de uma pessoa para um objeto e vice-versa.

5° princípio: contaminação

Energia doente, assim como algumas doenças, pode contaminar outras pessoas, animais, lugares e até plantas. Assim, para se protegerem dessa contaminação energética, os praticantes precisam lavar os braços e sacudir as mãos após a sessão.

6° princípio: controlabilidade

Por meio da intenção mental, uma pessoa consegue controlar e direcionar a energia doente.

7° princípio: limpeza e energização

Além de dar força vital, o praticante também precisa remover a energia que está adoecida no corpo do paciente. Portanto, com a ajuda dessa limpeza, a energização ou cura do paciente se torna mais rápida.

8° princípio: reação radical

Se a energização é feita antes de remover a energia adoecida o paciente pode sofrer uma crise. A reação radical pode ocorrer na piora passageira da doença, por exemplo. Por isso, é muito importante limpar a energia negativa de alguém antes de curá-lo.

9° princípio: receptividade

A fim de que a energia prânica cumpra o seu propósito, o paciente deve ser receptivo a ela. Assim, é importante que, pelo menos, ele se mantenha neutro em relação ao tratamento e não crie bloqueios para absorver a energia.

10° princípio: estabilização

Se a energia prânica não for estabilizada enquanto o paciente é tratado ela pode vazar. Como resultado, os sintomas da doença podem retornar no corpo do paciente no futuro. A estabilização é feita por meio de um movimento manual parecido com “pinceladas” usando prana azul-claro ou azul pastel.

11° princípio: liberação

Durante a cura do paciente, uma espécie de elo invisível é formado entre os participantes, mas esse elo precisa ser cortado. Dessa forma, a energia prânica é liberada e não retorna para o praticante que a enviou.

12° princípio: correspondência

Já que o corpo físico e o corpo energético de uma pessoa estão conectados, o que afeta um afeta o outro.

Leia também:  Símbolos do Reiki: os 4 principais

13° princípio: interligação

O corpo do praticante e do seu paciente estão conectados, pois são parte da energia da terra. Assim sendo, também são parte da energia do cosmos.

14° princípio: unidade e direcionamento

Por fim, a força vital do universo pode ser direcionada para qualquer pessoa ou lugar. Para tanto, é preciso que o praticante guie essa força com a ajuda do seu pensamento.

Benefícios da terapia prânica

Por causa da eficácia comprovada, hospitais de muitos locais adotaram a cura prânica no tratamento dos pacientes. Entre os maiores benefícios dessa prática no tratamento, nós podemos citar:

Diminuição dos sintomas das dores físicas, como dores musculares ou cabeça,

Alívio do cansaço no corpo de uma pessoa, diminuindo a ansiedade e o estresse,

Fortalecimento do sistema imunológico, diminuindo efeitos dos resfriados e tosses,

Melhora da recuperação do paciente após cirurgias ou tratamentos, mas sem sobrecarregar seu corpo,

Diminuição da febre e fluxo de diarreias,

Ajuda a melhorar o sistema ocular, cardíaco, hepático, renal e muitos outros.

As interações do mundo

Você sabe que o nosso mundo é composto por substâncias sólidas, líquidas e gasosas. Agora imagine uma escala subindo cada vez mais, onde existem corpos imperceptíveis, como as mais variadas ondas. Quase ou no fim dessa escala nós temos o prana que, mesmo os aparelhos não detectando, o corpo sente essa energia.

Os seres humanos estão interagindo uns com os outros, ainda que não percebam, e trocando essa energia. Por exemplo, quando nós estamos perto de pessoas que reclamam muito ou que são muito alegres, refletimos esse comportamento em nós. As nossas energias vitais interagem, se influenciam e mudam conforme a qualidade delas e do ambiente.

Energia pesada afeta a saúde

De acordo com terapeutas prânicos, energias pesadas e acumuladas em nossos corpos podem nos adoecer. Esse bloqueio energético foi descoberto pelo metre filipino Choa Kok Sui, fundador contemporâneo da terapia prânica. O mestre Choa interpretou antigos segredos e criou protocolos para desbloquear a energia.

Os protocolos ensinam como um praticante da cura prânica pode retirar essa energia negativa do corpo humano. Em seguida, substituir essa força negativa por uma energia mais equilibrada. Dessa forma, a energia negativa que deixava uma pessoa doente desaparece e o seu corpo se recupera mais rápido.

Onde encontrar prana?

Existem quatro fontes naturais de prana, sendo elas:

O sol

A luz do sol ajuda o corpo de uma pessoa a se revigorar e melhorar a saúde. Assim, para absorver esse prana, as pessoas devem se expor ao sol de 5 a 15 minutos por dia e se manterem hidratadas.

A terra

As plantas dos nossos pés absorvem a energia que vem da terra. Logo, você deve andar descalço para absorver a energia que vem da terra.

O ar

Os pulmões de uma pessoa absorvem o prana do ar. Assim sendo, quando ela respira devagar, de forma profunda e ritmada, essa absorção é mais efetiva.

A água

Já que a água absorve o prana dos outros elementos, tomar banho em rios, mares ou lagos nos ajuda a energizar o corpo.

Curso de terapia prânica

Um curso de cura prânica ensina ao aluno como sentir, captar, limpar e enviar energia para as pessoas. Além disso, são ensinadas técnicas específicas aos estudantes para melhorarem a sua capacidade prânica. Por exemplo, os protocolos criados pelo mestre Choa Kok Sui, ensinamentos valiosos para você fazer a diferença no mundo.

Leia também:  Reiki: o que é, como funciona o Reiki?

Os cursos de terapia prânica da Estácio, Cursos Cura e A Nova Terapia são os mais conhecidos do mercado.

Considerações finais sobre cura prânica?

Por meio da cura prânica, nós podemos ter um contato mais íntimo com a força universal. Como resultado, podemos melhorar a nossa saúde e viver melhor.

Contudo, antes de fazer uma sessão terapêutica sempre procure por um profissional com boas referências.

Além da cura prânica, uma maneira de você aprender como cuidar da sua saúde é com o nosso curso online de Reiki. O curso te ensina técnicas de tratamento naturais usando a própria força do universo. Entre em contato com a nossa equipe e garanta uma transformação na sua vida. Ademais, você poderá trabalhar profissionalmente trazendo saúde e bem-estar para outras pessoas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *