Efeitos colaterais do Reiki: entenda quais são

Você sabe quais são os efeitos colaterais do reiki? Então, saiba que eles existam. Por isso, confira nosso artigo para saber mais! Aproveite!

Você sabe quais são os efeitos colaterais do reiki? Pois, a prática é conhecida por ser um tratamento – praticamente – sem contraindicações ou sem efeitos colaterais. Mas devemos sim falar sobre esse outro lado porque ele existe. Embora a grande maioria das pessoas não saiba disso também há contraindicações.

Todo tratamento indicado para melhorar nossa qualidade de vida apresenta um período de adaptação. Logo, esses são os efeitos colaterais. Pois, nosso organismo ou corpo precisa se adaptar ao processo de cura. E é normal que durante esse período nosso corpo reaja.

Contudo, não devemos temer os efeitos colaterais dos nossos processos de cura. Por isso, pesquisar e adquirir conhecimento são importantes. Porque quando nos informamos sobre procedimentos, entendemos melhor o que poderá acontecer com nosso corpo durante um tratamento.

Entenda o reiki

Essa é uma técnica criada no Japão, o reiki é uma terapia energética que provê a cura transmitida pelas mãos. Por ser uma forma de terapia alternativa, já foi estudado e teve sua eficácia comprovada. Assim, é uma forma de tratamento utilizada com sucesso para combater dores e estresse.

Desse modo, esse tratamento consiste no compartilhamento de energia e atua de acordo com as necessidades de cada um. Então, ele remove os bloqueios e restaura o fluxo de energia do corpo. E é dessa forma que se dá o processo de cura. Pois, a energia passa pelos pontos que precisam ser curados.

Por que o reiki tem efeitos colaterais?

Como todo tratamento, o reiki também tem seus efeitos colaterais. Assim, é uma consequência normal de procedimentos que visam a melhora na nossa saúde. Isso porque os efeitos colaterais surgem porque o corpo está se adaptando ao tratamento. Logo, com o reiki não é diferente.

Após o tratamento, o corpo entra num processo de cura. E é aí que surgem os efeitos colaterais do reiki. Pois, o organismo começa a se limpar das toxinas. Esses efeitos costumam durar até dois dias.

Além dos efeitos colaterais físicos, há também os emocionais. Uma vez que o reiki trata a energia da pessoa, ele acaba mexendo com a saúde emocional. Contudo, saiba que cada paciente reage de forma diferente, então não quer dizer que todos sentirão os mesmos efeitos colaterais.

Reiki efeitos colaterais

Nesse sentido, os sintomas e a intensidade deles variam de pessoa para pessoa. Lembrando que os efeitos colaterais não são uma regra e nem são as pessoas que vão sentir. Dessa forma, os principais sintomas dos efeitos colaterais do reiki podem ser:

  • Crises de choro;
  • diarreia;
  • dor de cabeça;
  • fraqueza;
  • dor de estômago;
  • indigestão;
  • irritabilidade
  • sono excessivo;
  • vômitos.

Então, se após uma sessão de reiki você se sentir mal, não se desespere. Lembre que faz parte da adaptação do seu corpo ao tratamento. E isso acontece com todos os tratamentos que fazemos. Está tudo bem sentir-se assim.
Porém, se os sintomas persistirem, procure a ajuda de um médico!

Ademais, fazemos também um alerta: não se medique sem o conhecimento de um profissional especializado!

Efeitos colaterais do Reiki: as “crises de cura”

Um dos efeitos mais conhecidos do reiki, são as “crises de cura”. São assim chamadas porque duram algumas horas após a sessão de reiki. E, também, não são todas as pessoas que as tem. As crises de cura duram o suficiente apenas para o reequilíbrio energético do corpo.

Leia também:  Chakras desalinhados: quais doenças e como alinhar

Os principais sintomas podem ser o agravamento de dores ou dos sintomas da doença. Ou, ainda, o paciente pode sentir-se muito pior do que antes de começar a terapia. Quando a crise passa, a pessoa sente-se muito melhor e mais disposta.

Então, é como se tomássemos um remédio e sentíssemos seu efeito imediato nas primeiras horas logo após tomá-lo.

Quando não fazer reiki?

Apesar de não haver contraindicações gerais, existem situações nas quais o reiki não é recomendado. Portanto, confira alguns exemplos:

  • Doenças causadas por bactérias ou vírus: o reiki pode influenciar no crescimento do foco de bactérias ou do foco viral.
  • Fraturas: há chances de o osso se regenerar da maneira errada.
  • Substituir tratamentos para: depressão, diabetes, pressão alta.

Assim como outros tipos de tratamentos e terapias, o reiki tem algumas contraindicações especificas. Por isso, é importante sempre consultar um especialista. Além disso, lembre-se que ele deve ser um aliado e não substituir tratamento algum.

Sendo assim, converse bastante com seu médico sobre a possibilidade de unir seu tratamento ao reiki. Ainda, converse com seu psicólogo, pois o reiki pode ser um aliado também dos tratamentos de psicoterapia.

Importante saber!

O reiki é uma terapia alternativa que não substitui outros tratamentos. Ele age de forma complementar. Ou seja, não se recomenda substituir os tratamentos que seu médico indicou pelo reiki. O reiki deve ser usado como um tratamento de apoio ou extra.

Isso acontece porque cada pessoa requer um tratamento e possui um histórico específico. Lembrando que é importante seguirmos as prescrições dos nossos médicos para maior eficácia do nosso tratamento. O reiki, nesse contexto, surge uma forma de terapia aliada.

Por isso, consulte sempre seu médico e um especialista em reiki para saber se o seu tratamento pode ser reforçado com a ajuda dessa terapia.

Conheça-se também!

Para entender os efeitos colaterais do reiki e não se alarmar com eles, é importante que você se conheça. Como não se comenta muito sobre os efeitos do reiki no organismo, é importante você se conhecer.
Quando temos um profundo conhecimento do nosso corpo, não nos alarmamos.

Pois, entendemos que cada processo de cura tem o seu efeito nos primeiros momentos. Por isso, é importante compreender como o seu corpo funciona e saber que o reiki tem efeitos colaterais também. Qualquer tratamento requer uma adaptação do corpo.

Então, não desista quando você começar um tratamento e sentir-se mal nos primeiros dias. Mantenha-se firme! Caso os sintomas não melhorem, procure seu médico.

Considerações finais sobre os efeitos colaterais do Reiki

Quando cuidamos da nossa saúde, é muito importante conhecermos a fundo os tratamentos que estamos fazendo. Mesmo que sejam indicados por médicos ou pessoas de confiança, precisamos nos informar. Cada pessoa reage de maneira diferente a um mesmo tratamento.

Por isso, pesquise sobre os tratamentos que lhe são indicados e entenda como seu corpo poderá reagir a eles. Com o reiki, não é diferente. E devemos saber sobre os efeitos colaterais do reiki. A informação é o melhor aliado para qualquer tratamento.

Se informe sempre! Muita gente não sabe que até mesmo o reiki possui efeitos colaterais e a eficácia de um tratamento pode depender, também, do seu conhecimento.

Venha saber mais!

Se você gostou do que leu e gostaria de aprofundar seus conhecimentos sobre os efeitos colaterais do reiki, faça o nosso curso online de Reiki! Oferecemos um curso com ótima didática que te permitirá explorar mais as técnicas e aprofundar mais o processo de autoconhecimento e a ajudar a outras pessoas!

Leia também:  Tai Chi Chuan: o que é, suas origens e princípios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *