Equilíbrio Energético: o que é, como conseguir

Você já ouviu falar em equilíbrio energético? Pois, ele é fundamental para a nossa qualidade de vida. Então, venha saber mais sobre o assunto

Ter uma vida equilibrada é difícil. Mas não é impossível. Desse modo, fala-se de equilíbrio interior, equilíbrio emocional. Porém, você também já ouviu falar em equilíbrio energético? Pois, quando falamos em energia, estamos falando da energia que nós transmitimos e dos ambientes que frequentamos.

Então, é por isso que algumas pessoas sentem a energia dos lugares por onde andam. Isso porque, os lugares, assim como as pessoas, também transmitem energia. Assim, não só os seres humanos precisam encontrar o equilíbrio. Lugares e pets também podem ter sua energia equilibrada.

Por issso, saiba mais sobre o assunto acompanhando nosso texto!

O que é equilíbrio energético?

Nesse sentido, o significado de equilíbrio energético é quando todos os aspectos que nos envolvem ou regem nossa vida, estão em equilíbrio. Dessa forma, é sobre a qualidade e manutenção da nossa energia vital, segundo a Medicina Tradicional Chinesa.

Assim, são vários os fatores que influenciam a nossa energia. Sendo que alguns deles são alimentação, estresse, condições ambientais e hereditárias, tempo de descanso, espiritualidade, dentre muitos outros.

Equilíbrio energético no lar

Desse modo, nossa casa carrega muito da nossa energia. Pois, é onde costumamos descarregar determinadas emoções com mais força, como tristeza e alegria. Além disso, em casa, alguns de nós têm o péssimo hábito de acumular coisas. Logo, isso não é nada bom para o equilíbrio energético do lar.

Contudo, saiba que a manutenção energética da casa é algo simples. Mas claro, demanda um certo tempo. Por isso, separamos algumas dicas para ajudar a limpar a energia da sua casa. Assim como fazer a manutenção do equilíbrio energético dela. Confira a seguir:

  • Acenda incensos;
  • deixe as janelas abertas sempre que puder;
  • evite o acúmulo de lixo e sujeira;
  • livre-se das coisas quebradas;
  • mantenha o seu lar limpo;
  • tenha as plantas adequadas em cada cômodo;
  • use cristais para decorar e energizar o ambiente.

Equilíbrio energético e a saúde mental

Sendo assim, cuidar da nossa e da saúde mental é uma das maneiras de se manter o equilíbrio energético. Em parte, significa nos livrar de pensamentos ruins. Por outro lado, quer dizer que precisamos aprender a lidar com eles.

Logo, manter a higiene mental em dia é um passo para se ter o equilíbrio energético. Assim, alcançamos a plenitude da saúde mental quando damos atenção aos nossos pensamentos e cuidamos deles. Por isso, sempre precisamos prestar atenção aos ruídos da nossa mente.

Portanto, organizar os pensamentos, por exemplo, é uma maneira de considerar a saúde mental. Ademais, meditar para relaxar as ideias, é outra forma de adquirir esse estado de equilíbrio e saúde da mente.

4 dicas para manter a energia equilibrada

Podemos fazer algumas coisas durante a nossa rotina para manter a energia equilibrada. Ou seja, mudar hábitos ou adquirir novos podem ajudar a alcançar o necessário equilíbrio energético. Pensando nisso, separamos algumas dicas para organizar sua energia!

  1. Ao acordar, não saia da cama rapidamente. Se dê alguns minutos para o corpo despertar e comece o dia com um copo de água.
  2. À noite, próximo ao horário de dormir, relembre os acontecimentos bons do dia. Antes de deitar-se para dormir, faça exercícios de respiração. Pois, eles ajudam a relaxar e melhoram a qualidade do sono.
  3. Faça caminhadas em parques e aproxime-se da natureza.
  4. Fique atento à sua alimentação. Então, evite alimentos considerados pesados e procure manter hábitos saudáveis.
Leia também:  Sálvia: o que é, quais benefícios, como tomar

Como identificar desequilíbrio energético?

Assim como precisamos manter o equilíbrio energético, precisamos ficar atentos aos sinais de que nossa energia está desequilibrada. Dessa forma, podemos fazer isso observando se há algo fora do normal em nosso comportamento padrão, por exemplo:

  • maior irritabilidade;
  • mais vontade de chorar;
  • insônia ou sonos mais inquietos;
  • maior cansaço e pouca energia;
  • medo frequente para fazer as coisas e tomar decisões;
  • perda da vontade de se alimentar;
  • falhas frequentes na memória;
  • angústia e tristeza sem motivo.

Ao identificar esse desequilíbrio é importante tentar reverter. Nem sempre a causa será algo dentro de nós, ou que aconteceu com a gente. Isso porque a causa do desequilíbrio pode estar mesmo dentro de casa. Ou seja, bagunça, lixo, acúmulo de objetos, objetos quebrados… Tudo isso confere um ponto ao desequilíbrio energético.

Então, não é apenas sobre cuidar de nós mesmos, mas também sobre cuidar do ambiente onde estamos inseridos.

Alerta: combater o desequilíbrio não é se blindar!

Contudo, saiba que é errado nos blindarmos para o que nos causa desequilíbrio. Não podemos ignorar o que acontece. Não é apenas “varrer a sujeira para baixo do tapete”. A ideia de nos fecharmos para o que causa desequilíbrio energético impacta da forma errada o nosso bem-estar.

Isso acontece porque quando nos blindamos criamos uma barreira para lidar com as coisas. Assim, é como se escolhêssemos não reagir, não lutar, não compreender e não aprender. Mas precisamos passar por todos os processos para manter o nosso equilíbrio.

Então, sim, isso quer dizer estar aberto para lidar com seus problemas e responsabilidades. Portanto, não fuja de cuidar de você mesmo e do ambiente ao seu redor. Esse é um processo saudável de autoconhecimento.

Não se esqueça: a vida é um aprendizado!

Manter o equilíbrio energético faz parte do aprendizado constante que a vida nos proporciona. E nesse caminho, teremos altos e baixos. Em alguns momentos estaremos em sintonia com nosso eu interior, em outros não. Isso é normal porque nunca estamos 100% bem o tempo todo!

Por isso, é tão importante mantermos hábitos saudáveis para com nós mesmos e com o nosso lar. E, por que não, com nosso ambiente de trabalho também? Quando conseguimos manter hábitos benéficos, estamos mais próximos de nos manter no caminho do equilíbrio.

E, também, é bom lembrar que nessa trilha de aprendizado terão tanto momentos bons como ruins. E isso faz parte do processo de manutenção da nossa energia. Além de fazer parte do nosso processo de autoconhecimento.

Conclusão sobre equilíbrio energético

Como vimos, a manutenção do nosso equilíbrio energético é muito importante. Porque está conectado de maneira direta ao nosso bem-estar e qualidade de vida. Por isso, estarmos atentos aos nossos hábitos é essencial para a manutenção desse equilíbrio.

Contudo, não apenas nossos hábitos, mas nosso lar deve fazer parte da manutenção da nossa energia. Em nossa casa estão nossos sentimentos, nossos sonhos, nossa vida. Logo, uma casa desorganizada e suja bloqueia a fluidez da energia e faz com que ela fique parada, estagnada.

Sendo assim, comece agora um planejamento para mudar seus hábitos. Mude seus pensamentos, sua alimentação, a forma como você cuida do seu lar. Ou seja, invista no seu bem-estar e na sua felicidade!

Para saber mais!

Se você gostou desse assunto e quer saber um pouco mais sobre equilíbrio energético e como alcançá-lo, faça nosso curso online de Reiki! Assim, você assistirá as aulas sem sair de casa e de onde estiver. Ainda, ao final emitimos um certificado. Então, compreenda mais como o reiki pode mudar a sua vida! Se inscreva agora mesmo.

Leia também:  Como esvaziar a mente em 10 passos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *