Origem do Reiki: de onde vem, como começou?

de onde vem o reiki

A origem do Reiki é japonesa. REI significa Energia Universal. KI significa energia vital, o que flui em cada ser vivo, é a energia universal transformada em nossa própria vibração.

Primeiramente, é uma técnica de canalizar e transmitir Energia Universal através da imposição de mãos e é usada para obter paz e equilíbrio em todos os níveis:

  • físico: melhora de doenças, lesões, metabolismo, excesso de peso, infecções;
  • mental: hábitos prejudiciais, estresse, insônia;
  • emocional: ansiedade, agressividade, infelicidade, tristeza;
  • espiritual: harmonia, paz, equilíbrio.

Origem do Reiki, de onde vem, como começou?

Quem começou o Reiki foi Mikao Usui, um monge e professor japonês do início do século passado. Depois de muitos anos de estudos na Índia, Japão e Tibete, seguidos de um momento de “iluminação”, o Dr. Usui aperfeiçoou a técnica de canalizar a Energia Universal que nos rodeia, focalizando-a em nossa direção para a cura e o equilíbrio.

Atualmente, existem muitas correntes de Reiki e cada uma delas é ensinada de uma maneira diferente. No entanto, em todos eles a mesma Energia Universal é canalizada, e todos eles agem sob o mesmo princípio.

Reiki: canalizando a energia universal

Ao longo de nossas vidas, existem bloqueios internos que impedem a circulação de energia, então às vezes nos sentimos desarmonizados.

Quando nossa energia vital (Ki) é forte, ficamos física, emocional, mental e espiritualmente saudáveis. Quando nossa energia vital está em um nível muito baixo, podemos ficar desequilibrados ou doentes de várias maneiras. Por fim, uma das formas de reabastecer nossa Força Vital é usando Reiki.

O Reiki é uma técnica holística, pois harmoniza e desbloqueia todos os planos do ser humano, físico, mental, emocional e espiritual. Definitivamente, não agride o corpo de forma alguma e não cria vício ou efeitos secundários ou colaterais, pois não se utilizam substâncias químicas ou elementos estranhos ao corpo, mas apenas a energia vital que está presente em cada ser vivo.

Reiki usa

Os usos e aplicações do Reiki são tão amplos que levaria muito tempo para nomeá-los. Mas podemos resumir seus benefícios: “O Reiki serve para liberar a energia bloqueada. Consequentemente, ele harmoniza seu corpo e espírito e aumenta sua capacidade de autocura”

O Reiki pode agir fisicamente para curar doenças, mentalmente para reduzir o estresse e espiritual para ajudá-lo a encontrar paz e harmonia.

É importante entender que, quando se trata de um “problema”, o Reiki pode agir de duas maneiras: pode melhorar diretamente esse problema ou mudar a maneira como você o vê. Também é importante saber que o Reiki fornece as “ferramentas” ou o “poder” para resolver seus problemas sozinho.

Origem e benefícios do Reiki

  • rejuvenesce;
  • alivia a dor;
  • elimina toxinas;
  • aumenta a memória;
  • cura holisticamente;
  • resolve hábitos prejudiciais;
  • fortalece o sistema imunológico;
  • libera emoções reprimidas;
  • estimula o autoconhecimento;
  • equilibra a energia do corpo;
  • facilita estados de meditação;
  • promove a autocura natural;
  • relaxa e reduz o estresse e a ansiedade;
  • aumenta a energia vital do corpo;
  • ajusta-se às necessidades do receptor;
  • trata os sintomas e as causas da doença;
  • ajuda a conduzir as fases da gravidez e pós-parto de uma forma mais suave e tranquila;
  • aumenta os efeitos do tratamento médico quando usado em conjunto com ele, nunca o substituindo.

Assim, para ter acesso ao Reiki não é necessário estar doente, uma vez que quem deseja experimentar uma sensação de paz e calma e aumentar seu nível de bem-estar pode encontrar seu complemento perfeito no Reiki.

Leia também:  Visão científica sobre o Reiki: o que a ciência diz?

Por meio desse método, tornamos nosso corpo mais saudável, pensamos mais calmamente e aumentamos a alegria de viver.

Terapia de reiki

Uma terapia de Reiki consiste em canalizar energia tanto para um local específico onde há um problema quanto para todo o corpo de uma pessoa, dependendo da doença e do tipo de tratamento.

Acima de tudo,  o objetivo principal é liberar a energia bloqueada no corpo. Então, quando isso acontece, pode trazer vários benefícios para a pessoa, como:

  • ajuda a controlar ou eliminar a dor;
  • proporciona uma sensação de paz e bem-estar;
  • elimina o estresse;
  • aumenta as propriedades de autocura do nosso corpo;
  • libera traumas emocionais do passado;

Além disso, um terapeuta profissional de Reiki saberá como acompanhá-lo em seu processo de cura, orientando-o e aconselhando-o sobre como aproveitar ao máximo a terapia que recebe.

É importante, sobretudo, que o relacionamento com o seu terapeuta de Reiki seja baseado na confiança.

Qual é a sensação durante uma sessão de Reiki

Primeiramente, o terapeuta coloca delicadamente as mãos na área afetada ou, no caso de um tratamento completo, em todo o corpo, começando pela cabeça e terminando nos pés. Por exemplo, cada posição das mãos é mantida por alguns minutos nos chakras ou principais centros de energia.

O receptor de Reiki está sempre vestido e as posições das mãos estão sempre em áreas que não violam sua privacidade.

Ao passo que, durante o tratamento, você sentirá um relaxamento profundo. Ademais, muitas pessoas adormecem, o que não influencia em nada o resultado. Às vezes você sentirá “cócegas”, calor ou frio em diferentes partes enquanto a energia flui pelo corpo.

Por outro lado, outras pessoas veem cores, têm uma sensação de “flutuação” ou sentem emoções que vêm à tona. No entanto, é preciso esclarecer que muitas pessoas não sentem absolutamente nada, e isso não influencia o processo de cura.

Detalhes da terapia de Reiki

As terapias são divididas em sessões. Assim, cada sessão dura aproximadamente 55 minutos, mas varia de acordo com a necessidade de cada um. A pessoa deita-se sobre uma mesa, descalça e vestida.

Durante esse tempo, a terapeuta coloca delicadamente as mãos em uma série de locais do corpo chamados chakras e a energia Reiki flui. Ou seja, em nenhum momento há massagens ou partes íntimas da pessoa são tocadas. Se isso acontecer com você, saia correndo de lá porque isso não é Reiki!

As terapias são sugeridas em blocos de 4 sessões, já que o Reiki tende a agir de forma progressiva e as mudanças normalmente são apreciadas a partir da segunda ou terceira sessão (embora muitas vezes haja uma melhora desde a primeira sessão).

Normalmente, uma sessão por semana é suficiente, embora em casos de dor crônica pode ser aumentada para duas por semana para a primeira terapia (4 sessões).

Considerações finais sobre a origem do Reiki

O bom do Reiki é que ele  carece de dogmas ou crenças exclusivas. Ou seja, não possui nenhum tipo de afinidade religiosa. Por isso, é usado por cristãos, muçulmanos, budistas e até mesmo ateus.

Não tem estrutura formal, hierarquias e crenças vinculativas. Na verdade, muitas pessoas que praticam Reiki acham que ele reforça o vínculo com suas crenças particulares.

E você gostou de saber sobre a origem do Reiki? Se inscreva em nosso curso online de Reiki, e fique por dentro desse mundo incrível que temos para oferecer.

Leia também:  Curso Reiki I: o que estuda Reiki Usui Nível 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *